Educação Infantil

Embasado na fundamentação desse segmento, na finalidade da Educação Infantil e nas características da clientela, o Ipê GECC define seus objetivos para o ensino na Educação Infantil, oferecendo oportunidades à criança visando:
Educação infantil - Colégio Ipê
  • 1) Desenvolver o seu potencial físico-motor, sua coordenação motora e psicomotora, o domínio e potencialização de seu corpo; ;
  • 2) Ampliar suas experiências e vivências integradoras;
  • 3) Arquitetar meios para que a criança entenda o mundo em que vive, em seus aspectos culturais e sociais, de forma crítica e transformadora; ;
  • 4) Criar condições onde a criança possa vivenciar o desenvolvimento de habilidades de interação, participação, convivência;
  • 5) Desenvolver atividades potencializadoras para a leitura e escrita.

Crianças de 1, 2 e 3 anos: Coleção “Entre Fraldas e Mamadeiras”, Sistema de Ensino Maxi;
Alunos de 4 e 5 anos: Coleção “Iluminuras”, Sistema de Ensino Máxi;

A proposta pedagógica do Ipê GECC leva em conta a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB 9.394/96), a Constituição Brasileira, o Estatuto da Criança e do Adolescente, o disposto nos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN e Deliberação nº. 1/99 do Conselho Nacional de Educação.

O homem é o sujeito do seu próprio desenvolvimento, construtor da história e da sociedade em que vive. Como ser social, ele necessita da interação com o meio físico e social para atingir a sua plena dimensão humana. O processo de interação homem-mundo, sujeito-objeto torna-se imprescindível para que esse ser humano se desenvolva e se torne sujeito de sua práxis.

Com a Abordagem Crítico-Social dos Conteúdos, o homem chega a ser sujeito por meio da reflexão sobre o seu ambiente. Só existem homens concretos, situados no tempo e no espaço, inseridos no contexto socioeconômico, cultural, político, enfim, no contexto histórico. O homem é sujeito da sua própria educação: toda ação educativa deverá promover o próprio indivíduo e não ser instrumento de ajuste deste à sociedade.

Por essa abordagem, a escola é vista como um espaço favorável, em que todos os membros da sociedade podem convergir ou em que podem conflitar seus diferentes valores dentro dos princípios democráticos. O homem cria a cultura à medida que enfrenta a sua condição de vida, que reflete sobre ela e dá respostas sobre os desafios que encontra.

Desta forma, confirma-se o compromisso do Ipê GECC com a construção da cidadania voltada para a compreensão da realidade social e dos direitos e responsabilidades em relação à vida pessoal e coletiva. Do ponto de vista pedagógico, é fundamental que a alfabetização seja adequadamente trabalhada nessa faixa etária. Considerando-se que, esse processo não se inicia somente aos seis ou sete anos de idade, pois, em vários casos, inicia-se bem antes, fato bastante relacionado à presença e ao uso da língua escrita no ambiente da criança.

error: Conteúdo Protegido !